Milão, Itália

Destino de férias de cidade
Fotos de: Milão, Itália
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
O que visitar
Onde Comer
Onde Divertir
Consulados & Embaixadas
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Outros destinos turísticos em:
Itália
Itália
Calábria
Sardenha
Sicília
Toscana
Costa Amalfitana
Bergamo, Itália
Bolonha
Ilha de Capri
Catania
Florença, Itália
Ilha de Giglio
Nápoles
Pisa, Itália
Portofino - Riviera Italiana
Positano - Costa Amalfitana
Roma - Italia
Sanremo
Turim, Itália
Veneza, Itália
Verona

Milão
Milão é a segunda cidade mais populosa da Itália e da capital da Lombardia.
A expansão suburbana maciça que se seguiu ao boom do pós-guerra dos anos 1950-60s e o crescimento de um vasto cinturão suburbano, sugerem que as ligações sócio-económicas têm se expandido muito além das fronteiras de seus limites administrativos e sua aglomeração, criando uma região metropolitana de 7-9 milhões de pessoas, que se estende sobre as províncias de Milão, Bergamo, Como, Lecco, Lodi, Monza e Brianza, Pavia, Varese e Novara. Tem sido sugerido que a região metropolitana de Milão faz parte do chamado Azul banana, a área da Europa, com a mais elevada densidade populacional e industrial.
A cidade detém uma forte posição como a capital da Província de Milão, bem como a capital regional da Região da Lombardia . Enquanto Roma não aproveitar a sua posição como a capital administrativa da Itália, Milão torna presença sentida fortemente em muitas áreas, principalmente na indústria da moda . Junto com os nomes poderosos de Paris, Nova York e Londres, Milão é conhecido como uma das capitais da moda do mundo. O coração do centro financeiro da Itália encontra-se em Milão, com a National Stock Exchange localizado na cidade. O aspeto urbano da cidade não pode exatamente fazer virar cabeças como fazem outras cidades italianas que têm uma longa história romana emocionalmente envolvido com elas. No entanto, as exposições de moda, vida noturna, comida italiana e da área metropolitana de Milão fornecerem a perspectiva futurista da Itália, o que atrai muitos jovens. Além disso, é como um acampamento base para explorar cidades turísticas do norte da Itália, que incluem os Alpes.
Milan pode representar-se erroneamente como um destino caro, o que não é verdade.
Turismo
Milão não tem a história de Roma, o romantismo de Veneza, a efervescência de Nápoles ou o espírito artístico de Florença. Mas, mesmo assim, e de maneira justa, continua sendo uma das cidades mais famosas e visitadas da Itália. Difícil é definir Milão com apenas um adjetivo: localizada no norte italiano, mais perto de outros países (como França e Suíça) do que da capital Roma, a cidade é um recanto cosmopolita.
Segunda maior cidade da Itália, são milhares os seus atrativos turísticos. Das passarelas de um dos eventos de moda mais famosos do mundo aos afrescos pintados por génios dentro das igrejas, o visitante terá muito que admirar na cidade. Em Milão está a Santa Ceia de Leonardo da Vinci, o Estádio San Siro/Giuseppe Meazza, as estátuas do Duomo, os restaurantes de Navigli, o teatro Alla Scala, o Castelo Sforzesco. Um passeio por suas ruas envolve altas doses de religião, futebol, arte, gastronomia e história. Dar prioridade a um dos temas ou colocar tudo no mesmo pacote ficará a cargo do visitante.
Será também da escolha do turista fazer a jornada de maneira luxuosa ou económica. Milão abriga alguns dos hotéis e restaurantes mais caros da Europa, mas também oferece boas opções para quem está com o orçamento apertado. O transporte público é barato, há bons hotéis de baixo custo e as pizzarias oferecem pratos em conta e bem servidos. Além disso, há ofertas de cartões de desconto: ao comprá-los, o turista pode entrar em alguns museus gratuitamente e subir no metro e nos autocarros sem pagar nada.
Na cidade, desfrutar da famosa dolce vita italiana é um programa garantido.
Gastronomia
Milão é uma das cidades mais cosmopolitas da Itália e oferece culinária do mundo inteiro. Os bairros de Brera e Navigli são especialmente interessantes e concentram uma grande quantidade de restaurantes e bares. Os estabelecimentos que preparam comida italiana costumam servir a sua clientela por partes: primeiro o "antepasto", depois o "primo piatto" (geralmente uma massa), seguido pelo "secondo piatto". Mas o cliente pode escolher apenas uma ou duas das opções.
Alguns dos pratos mais tradicionais de Milão envolvem risoto e polenta, mas o viajante tem a sorte de encontrar pratos típicos de todas as regiões da Itália, da Sicília ao Piemonte. Para gastar pouco (os preços são geralmente altos), a melhor escolha e uma opção bem conhecida de toda a gente é a: pizza, pois são baratas e bem servidas em toda Itália.
Outra boa opção, especialmente em alguns bares no bairro de Navigli, é o aperitivo (o turista paga pela bebida e tem direito a se servir à vontade em um buffet de frios, massa e pães).
Para beber, não tenha medo de pedir o vinho da casa, que quase sempre terá boa qualidade e custará a metade do preço de uma garrafa rotulada.
Clima
O inverno em Milão é relativamente leve, mas nebuloso, com temperaturas que variam de zero a 8ºC. O verão pode ser muito húmido, com breves tempestades.
As temperaturas variam entre 14 e 29ºC. De março a abril as temperaturas variam de 6 a 18 ºC. De outubro a novembro, variam de 6 a 17 ºC.
Milan está localizado na área mediterrânica, e o seu clima é típico desta região. O tempo pode ser muito quente durante o verão, enquanto durante o inverno as temperaturas baixam dráticamente.
A humidade é bastante elevada durante todo o ano.
Em julho e agosto, é normal ter temperaturas mais de 30 ° C. Geralmente os verões são quentes e húmidos.
As temperaturas do inverno são geralmente entre 0 ° C e 10°C, e ocasionalmente descem até -10°C, com um pouco de neve todos os anos. Os invernos são geralmente muito frios com neblina.
Na primavera e no outono, as temperaturas em Milão são os mais agradáveis do ano, mas são caraterizadas por condições climáticas altamente mutáveis com a precipitação mais frequentes em setembro e outubro.

Outros destinos turísticos mundiais

Nova Zelândia
Nova Zelândia
Rússia
Rússia
Ilha do Corvo - Açores
Portugal
Palma de Maiorca
Espanha

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Castro - Ilha de Chiloé
Chile
Belém do Pará
Brasil
Munique, Baviera
Alemanha
Ottawa, Canada
Canadá
Porquê reservar com ROTAS TURISTICAS
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais